Retornando após o 11/09

by

Olá pessoal!

Depois de um período um pouco extenso de ausência, estou retornando às atividades do blog. Para aqueles que estavam se perguntando onde estava esse surtado, respondo dizendo que a agenda estes dias tem sido um pouco agitada: Depois de passar quase uma semana discutindo sobre os rumos do Serviço Social no encontro nacional do conjunto CFESS/CRESS, em Mato Grosso do Sul, ainda estive totalmente mobilizado no lançamento carioca do livro “Mídia, Questão Social e Serviço Social” (para maiores detalhes sobre o livro, leia o post anterior).

Não foi por acaso que escolhemos o dia 11/09 para este lançamento: Além do fatídico atentado às torres gêmeas norte-americanas,  nesta mesma data ocorreu no Chile o golpe militar que derrubou o governo de Salvador Alende e levou ao poder a ditadura Pinochet. Data marcante e que traz várias reflexões.

Separei então duas coisas para o post de hoje: a primeira é um vídeo da belíssima música “What´s Going on”, que imortalizada na voz de Marvin Gaye, se tornou símbolo da campanha norte-americana contra a AIDS. A segunda coisa é uma reportagem sobre como o 11/09 foi “comemorado” esse ano no Chile.

Fiquem à vontade e vamos embarcar novamente no expresso “Surto Coletivo”!

(A tradução está meio fraca, mas ajuda a quem não sabe inglês.. E pra quem quer ouvir a gravação imortal de Marvin Gaye, segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=jzPA-FrVu3I&feature=channel)

Dois morrem no Chile após comemoração pela ditadura de Pinochet

REUTERS

SANTIAGO – Violentos confrontos no Chile deixaram dois mortos, 12 feridos e dezenas de detidos depois de uma nova comemoração do golpe militar de 1973, informou no sábado a polícia.

Grupos de jovens incendiaram barricadas e queimaram pneus em diversos pontos da capital chilena e de outras cidades, onde ocorreram confrontos com a polícia local.

Segundo a polícia, até a madrugada de sábado foram registrados dez policiais e dois civis feridos, incluindo uma pessoa que se encontrava em estado grave depois de ser atingida por um tiro na cabeça.

A empresa de eletricidade Chilectra informou também que, devido aos distúrbios, mais de 100 mil de seus clientes foram afetados pelo serviço entre a noite de sexta e a madrugada de sábado.

Sob a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990), que derrubou o presidente socialista Salvador Allende, cerca de 3 mil pessoas morreram ou desapareceram, enquanto outras 28 mil sofreram torturas, incluindo a atual presidente, Michelle Bachelet.

 

Anúncios

2 Respostas to “Retornando após o 11/09”

  1. Fabrício Bezerra da Guia Says:

    Olha que coisa.Anunciaram mais que houve confusão com o treinamento da guarda costeira americana,do que essas mortes

  2. Nina R. Says:

    muito bacana essa video, já tinha o visto antes, mas é bem legal mesmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: