Aconteceu: É pau… É pedra.. É o fim do caminho…

by

Tem gente que pede pra vacilar e ainda faz questão de fazê-lo em grande estilo… Aproveitando o pequeno acidente sofrido por um dos representantes do glorioso esporte brasileiro, segue abaixo uma reportagem que fala de um problema que pode atingir a qualquer brasileiro num dos momentos mais… digamos… “interessantes” de sua vida….

 Jogador de futebol fratura o pênis em ato sexual

Gabriela Moreira – Extra

Um ex-jogador de futebol, aposentado há pouco, anda fazendo estripulias entre quatro paredes. No fim de semana, o rapaz, que integrou a seleção brasileira na Copa do Mundo de 98 e causou polêmica muitas vezes, fraturou o pênis durante uma relação sexual. A notícia, publicada ontem na coluna de Ancelmo Gois, no jornal “O Globo”, deixou muita gente preocupada. Afinal, como se fratura o pênis?

Segundo o urologista Aday Coutinho, a fratura de pênis é uma das piores dores que os homens podem enfrentar. Mas, apesar de dolorida, ela pode ser corrigida por meio de cirurgia. E, se bem feita, o pênis não fica com sequelas funcionais – o homem continua tendo ereções normalmente.

 – O pênis só sofre a fissura quando está ereto, no ato sexual. Isso é muito comum quando o pênis escapa do interior da vagina, chocando-se na parte lateral. A fissura ocorre internamente, no corpo cavernoso e forma-se um hematoma imediatamente – explica Coutinho, que, nos 30 anos em que trabalhou no Hospital Miguel Couto, no Leblon, atendeu casos de fissura peniana. – É muito mais comum do que se imagina e é sério.

Segundo a nota publicada por Ancelmo Gois, o jogador recebeu tratamento numa clínica urológica de Niterói. Já em casa, o jogador não quis comentar a nota. O atendimento rápido, segundo Coutinho, é fundamental:

– É preciso ser operado com rapidez, para evitar o aumento do hematoma e da dor, que é muito grande.

Segundo o chefe do departamento de andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia, Paulo Roberto de Brito Cunha, algumas posições podem facilitar a contusão:

– A posição conhecida como “cavalgando” pode facilitar a quebra – afirma.

Ouve-se um estalo

De acordo com o sexólogo Amaury Mendes Júnior, os pacientes que sofrem a fissura ficam constrangidos:

– Quando ocorre a fratura, os pacientes relatam ouvir um “estalo” acompanhado de dor e perda da ereção. Há formação de hematoma com inchaço e deformidade do pênis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: