Aconteceu: Cientistas desenvolvem fórmula que faz esquecer

by
O que você gostaria de esquecer?

O que você gostaria de esquecer?

Antes que alguém resolva responder ao título deste post dizendo que a cachaça já havia sido inventada, vou explicar sobre a que ele se refere:

Cientistas norte-americanos estão desenvolvendo estudos relativos à região do cérebro responsável pela memória e, baseados nos mesmos, estão testando em animais uma fórmula que afeta as áreas responsáveis pelas associações emocionais, noções de espaço e habilidades motoras.

Segundo os cientistas responsáveis pelo estudo, essa pesquisa tem como objetivo tratar doenças relacionadas à demência e outros tipos de problemas associados à memória. Eles afirmam também que será possível, a partir do desenvolvimento deste estudo, melhorar a capacidade de melhora e aprendizado, além de tratar traumas e vícios.

Na minha opinião, o futuro retratado nos filmes “Brilho eterno de uma mente sem lembranças”  e “O Pagamento” já não é mais tão alternativo assim… E isso pode ser algo deveras preocupante…

Pra quem não lembra, nestes dois filmes os personagens principais (vividos por respectivamente por Jim Carey e Ben Affleck) são submetidos a procedimentos que apagam suas memórias. No caso de Jim Carey a motivação é esquecer um amor desfeito. Já no caso de Ben Affleck é para cumprir um contrato de sigilo com uma empresa pra qual ele trabalhava.

A manipulação da memória (assim como dos demais aspectos da mente humana) merece uma análise criteriosa e um acompanhamento cuidadoso por parte das agências governamentais, organismos médicos e população em geral. As implicações éticas devem ser a prioridade na pauta de discussões sobre o assunto e as informações sobre o progresso dos estudos devem passar exatamente a verdade, mantendo a transparência das ações.

Outra preocupação é o uso dessa tecnologia depois de desenvolvida. Será que apenas esquecer serve para resolver questões complexas como traumas e vícios? Será que confrontá-los e superá-los não é a melhor alternativa para uma “melhora” verdadeira? Será que as pessoas que se sujeitarem ao procedimento de esquecimento não terão a vontade de recuperarem as memórias perdidas? E se tiverem, como farão?

Bom, são muitas questões e por enquanto nenhuma resposta… Aliás, por hora só nos resta acompanhar as novidades e torcer para que nossas memórias continuem sendo parte de quem somos e mais ainda, mola propulsora para quem seremos.

Se um povo sem memória é um povo sem futuro, como ficamos nós todos que esquecemos os golpes de nossos representantes, os crimes impactantes e a dor dos nossos semelhantes.

Boa semana!

Anúncios

4 Respostas to “Aconteceu: Cientistas desenvolvem fórmula que faz esquecer”

  1. lari Says:

    Eu vi uma matéria sobre isso.
    Achei um tanto quanto… feio.
    É claro que seria ótimo que as pessoas pudessem esquecer traumas e momentos de pânico, que as marcaram negativamente.
    Mas, por outro lado, vale lembrar que momentos ruins fazem parte da história e que nós aprendemos com eles. Esquecer, apagar… Isso é perder a chance de fazer história. Imagina, lembranças perdidas e quanta vida ficaria vazia?!
    As pessoas deveiram saber controlar melhor suas memórias, afinal sempre nos esquecemos das roubalheiras dos políticos, não é mesmo!
    =D
    Boa semana pra você também.

  2. Nelma Espíndola Says:

    Assisti a matéria e, também fiquei preocupada com essas possibilidades. O intuito pode ser o mais precioso possível, mas de fato até que ponto isso não (re)cria uma manipulação aniquilante. Posso até parecer retrógrada sobre o assunto, entretanto, vejo-o com receio.

  3. Nelma Espíndola Says:

    Assisti a matéria e, também fiquei preocupada com essas possibilidades. O intuito pode ser o mais precioso possível, mas de fato até que ponto isso não (re)cria uma manipulação aniquilante. Posso até parecer retrógrada sobre o assunto, entretanto, vejo-o com receio.

  4. layane Says:

    Eu vi uma matéria sobre isso.
    Achei um tanto quanto… feio.
    É claro que seria ótimo que as pessoas pudessem esquecer traumas e momentos de pânico, que as marcaram negativamente.
    Mas, por outro lado, vale lembrar que momentos ruins fazem parte da história e que nós aprendemos com eles. Esquecer, apagar… Isso é perder a chance de fazer história. Imagina, lembranças perdidas e quanta vida ficaria vazia?!
    As pessoas deveiram saber controlar melhor suas memórias, afinal sempre nos esquecemos das roubalheiras dos políticos, não é mesmo!
    =D
    Boa semana pra você também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: