A tempestade no copo D’água…

by

Hoje eu acompanhei uma situação chata que aconteceu com duas pessoas de quem gosto e que considero bem especiais, cada uma do seu jeito. Uma tem um perfil mais moleca, mais brincalhona e trata a todos com um carinho enorme. A outra tem um jeito mais alternativo, uma visão mais ácida das coisas e um senso de humor bem particular.

Bom, são pessoas que são interessantes, divertidas, inteligentes e que por uma coisa boba brigaram. 

Esse post não tem como objetivo analisar os motivos e quem tem razão na briga entre elas, mas sim refletir um pouco sobre as pequenas coisa que deixamos crescer e que acabam virando grandes problemas.

Dizem que a vida é composta de pequenos momentos, pequenas ações, pequenas partículas de algo maior… A importância dessas coisas é que diferencia o que é uma coisa “pequena” ou o que compõe um “grande” grupo de pequenas coisas.

São pequenos momentos que alimentam uma grande paixão, são as pequenas palavras que dizem grandes coisa e são as pequenas ações que acabam fazendo a diferença. Então,  é fundamental que nós tenhamos cuidado com estas pequenas coisas, pois, a responsabilidade por transformar aquele pequeno beijo em um grande amor e aquele pequeno mal-entendido em uma grande briga é única e simplesmente nossa.

Outra coisa que chamou a atenção é a tendência que nós temos em defender aqueles que gostamos.  Ser leal e proteger quem gostamos  é o mínimo que podemos fazer quando nutrimos sentimentos verdadeiros de amizade e companheirismo, porém, amar às vezes implica em deixar as pessoas arcarem com suas ações e convicções.

Um grande amigo meu colocou uma vez no MSN dele a seguinte frase: “Amar é dizer não”. Ser amigo às vezes é não interferir, deixando que as pessoas envolvidas no conflito consigam resolver a situação com maturidade e sem tornar uma coisa maior.

Bom, esse pode não ser o post animado ou otimista de sempre, mas traz um pouquinho do que tenho pensado hoje.

Qual a moral da história: Cuidado com as bolas de neve… Se preocupe com o que vale a pena… Sei lá..  Fica a teu critério.

Até a próxima.

Anúncios

Uma resposta to “A tempestade no copo D’água…”

  1. adenilson Says:

    gostei.
    omissão e desintrometimento tbm sao atos d amizade e de querer bm..
    xD~

    e como tu disse…deixar as coisas tomar rumos errados e nesse rumos colher informações erradas pq pegou o caminho errado..colhendo informaçãos falsas..desnecessárias…elouquentes…e afins…
    o certo é seguir o caminho com placas….q mostram o sentimento alheio…
    e q vao levar a um final [se tiver final] menos complexo e comlikado..

    [eitaaaaaaaaaaaaaaaaaaa….tudo isso foi uma alusão a bola d neve kkkk]]

    ta mto legal o blog como sempre.
    eu atualizei o meu tem coisas legais lá.
    t esperolá
    abraço e ótima kinta

    bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: