Aconteceu: Homem morto trabalha por uma semana (Noticia do New York Times)‏

by

Não dá pra negar que o trabalho é fator importante na vida de uma pessoa moderna (principalmente se ela não é a Paris Hilton ou o Príncipe Charles…), porém muitas vezes encontramos pessoas que tem dificuldade imensa em diferenciar o “ser um bom profissional” com o “não ter uma vida social”. Se dedicar ao trabalho é característica fundamental para qualquer profissional que busque a excelência, porém exagerar com relação a isto está longe de configurar o perfil de um megaprofissional. A notícia abaixo ilustra muito bem um exemplo claro da necessidade de respirar um pouco e criar vínculos sociais que sejam diferentes de apenas da relação patrão-empregado ou administrativo-área técnica.

Bom, leiam e tirem suas próprias conclusões:

Homem morto trabalha por uma semana (Noticia do New York Times)

Os Gerentes de uma Editora estão tentando descobrir, porque ninguém notou que um dos seus empregados estava morto, sentado à sua mesa há CINCO DIAS. George Turklebaum, 51 anos, que trabalhava como Verificador de Texto numa firma de Nova Iorque há 30 anos, sofreu um ataque cardíaco no andar onde trabalhava (open space, sem divisórias) com outros 23 funcionários. Ele morreu tranquilamente na segunda-feira, mas ninguém notou até ao sábado seguinte pela manhã, quando um funcionário da limpeza o questionou, porque ainda estava a trabalhar no fim de semana. O seu chefe, Elliot Wachiaski, disse: “O George era sempre o primeiro a chegar todos os dias e o último a sair no final do expediente, ninguém achou estranho que ele estivesse na mesma posição o tempo todo e não dissesse nada. Ele estava sempre envolvido no seu trabalho e fazia-o muito sozinho.” A autópsia revelou que ele estava morto há cinco dias, depois de um ataque cardíaco.

SUGESTÃO: De vez em quando acene aos seus colegas de trabalho. Certifique-se de que eles estão vivos e mostre que você também está!

MORAL DA HISTÓRIA: Não trabalhe demais. Ninguém nota mesmo…

Anúncios

11 Respostas to “Aconteceu: Homem morto trabalha por uma semana (Noticia do New York Times)‏”

  1. lari Says:

    Putz!! É sério isso?
    Credo… Coitado desse cara.

  2. Rodolfo Says:

    Ué?!?! E quanto aquele velho ditado popular:
    “O trabalho enobrece o homem”.
    Não seria, então, essa uma verdade absoluta? É isso mesmo? Sempre fui enganado? Tô trabalhando pacas ‘a toa? Rsrs…
    Vale a pena pensar com carinho sobre isso. Fiquem na paz!

  3. Danilo Says:

    Cara, isso é tão bizarro, chocante, e absurdo que eu nao paro de rir…

    Coitado do cara, esse era valorizado dentro dessa empresa.

    Abçs!!!!

  4. kafu kalatrava Says:

    Ninguém se preocupe, isto é só uma lenda:)

    http://urbanlegends.about.com/library/weekly/aa010902b.htm

  5. Guilherme Calmon Gobbo Says:

    Esse ai trabalhou por 5 dias pra ´ganhar a vida´ entenderam?? ganhar a vida!!!!!kkkkkkkkkk!!!!!!!!!!

  6. Silvana Says:

    Gente…..isso é inacreditável….e a familia desse cara, não sentiu falta dele não…ninguém dentro da empresa falou com ele durante cinco dias??? Que coisa mais absurda…..

  7. Eliane Says:

    Na verdade esta história que o trabalho enobrece o homem é um processo de manipulação ideologica. Precisamos ser intelectuais organicos e comerçar a criticar determinados conceitos que nos são impostos.

  8. Julia Elisa (@juliaelisa) Says:

    :O

  9. Julia Elisa (@juliaelisa) Says:

    Ops… eu ia escrever um comentário e cliquei sem qrer antes de escrever =x

  10. Mary Alves Says:

    Q isso, nem dá pra acreditar nisso. Q dó!!!

  11. Mari Says:

    5 dias o corpo já estava qse em decomposição…ngm percebeu o cheiro?algo assim????????????IMPOSSIVEEEL!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: